Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Nurbugring’

Premat se acidenta em Le Mans

Premat se acidenta em Le Mans

A etapa de Nurburgring da DTM foi bem chata (alias o campeonato deste ano vem deixando a desejar na pista apesar de estar emocionante na tabela). De interessante só observar o massacre imposto pela Audi sobre a Mercedes. A Audi manteve os 4 primeiros lugares desde o fim da primeira volta (com Martin Tomczyk, Timo Scheider, Mattias Ekström e Markus Winkelhock enfileirados e sem se ameaçarem) e a Mercedes pouco pode fazer a parte assistir Gary Paffett – melhor piloto da montadora na temporada – conseguir salvar pelo menos um pontinho depois de largar em 16º.

O momento mais “emocionante” da prova foi ver Alexandre Prémat tirar seu companheiro Oliver Jarvis já na segunda volta. Foi a segunda prova seguida que Prémat tirou outro piloto da Audi da prova e até a direção da TV aproveitou para flagrar o chefe da Audi irritadíssimo. O momento me fez pensar na carreira de Premat. Acompanho-o desde 2004 e neste meio tempo nunca o vi correr sem ser em equipes de ponta: foi fiel segundo piloto de Jamie Green na F3 Europeia pela Art e depois novamente pela equipe francesa serviu a Nico Rosberg e Lewis Hamilton em seus títulos na GP2. Depois disso foi correr de protótipos e DTM pela Audi.

Premat nunca mostrou grande brilho em nenhum destes campeonatos apesar do equipamento de primeiro. Seu melhor momento foi o titulo da primeira temporada A1GP quando se revezou no comando do carro francês com Nicolas Lapierre. É preciso dizer que aquele carro francês andava num ritmo a parte da competição (Premat venceu 7 provas, Lapierre 6) e que apesar disso Premat estava na pista numa prova vencida pelo inesquecível Alex Yoong.

Em suma, apesar de que as boas equipes garantam que no papel os resultados de Premat pareçam promissores ele nunca impressionou ninguém que o acompanhou, mas lá está ele bem empregado na Audi. Quem se recorda dos vídeos que postei m Le Mans vai lembrar de Premat começar a série de problemas da Audi ao se acidentar na volta 2 de uma prova de 24 horas onde em tese tinha carro para brigar pela vitória.

Resumo a carreira do Alexandre Premat menos para atacá-lo e mais porque vendo-o colher Jarvis de maneira idiota foi difícil não pensar em como ele resume bem um certo tipo de piloto enganador que sempre marcou presença no automobilismo. Penso aqui naqueles pilotos cuja carreira parece mais conduzida pela habilidade nos bastidores do que na pista. David Couthard talvez seja o exemplo mais bem acabado deste fenômeno na F1 moderna. Quem viu sem conterrâneo escocês Allan McNish correr não tem dúvidas sobre quem mais contribuiu para o automobilismo no periodo, mas Coulthard é quem teve a carreira de algum sucesso na Formula 1.

Automobilismo nunca foi um esporte individual, mas em certos momentos desejo que os responsáveis por contratar pilotos tenham mais discernimento.

Anúncios

Read Full Post »